Evangelização da Terceira idade

Evangelização da Terceira idade
20/11/2013

Algumas pessoas acreditam que quem está na terceira idade está contando os dias regressivamente, sendo que, muitos jovens são ceifados antes que seus pais ou avós. Estar na terceira idade, é estar numa fase de reflexão, compartilhar e troca de experiências. Para nós, a Igreja Viva de Jesus Cristo, podemos passar aos demais as experiências que tivemos com Deus e levar aqueles que ainda não conhecem ao Senhor, aos Seus pés.

Eis o projeto denominado "Evangelização da Terceira idade" que a CGADB está implantando em todo o país.

EQUIPE DE TRABALHO

Pr. Gerinaldo Messias - SE
Pr. Almézio Alves dos Santos Filho – SE
Pr. Joel de Sousa Ancelmo – DF
Pr. Adriana Oliveira – DF
Pr. Lucas de Oliveira Carvalho – DF
Pr. Josias Dias Fonsenca – AP
Pr. Hilton dos Santos Silva – DF
Pr. Franklin J. Andrade Batista – DF

“Ouve teu pai, que te gerou, e não desprezes tua mãe, quando vier a envelhecer”. (Provérbios 23.22).

A sociedade (principalmente a Igreja) tem o dever de criar mecanismos que contribuam para garantir ao idoso uma vida mais tranquila. Para isso, além de vencer os preconceitos, é necessário criar condições para que o idoso possa usufruir o tempo que tem disponível com qualidade, beneficiando-se por meio de atividades físicas apropriadas para sua condição, alimentação saudável, espaço para lazer, bom relacionamento social e liberdade de expressão e criação.

Somados a isso, o amor, o carinho e o reconhecimento das contribuições do idoso para a sociedade e da sua capacidade de amar, podem impulsionar a felicidade, o bem estar e, consequentemente, a longevidade desse cidadão que tem direitos pessoais e sociais que não podem ser negados. “Não me enjeites no tempo da velhice; não me desampares, quando se forem acabando as minhas forças.” Sl. 71.9.

As atividades direcionadas ao idoso devem ser organizadas considerando as suas particularidades e realizadas de forma gradual. Elas também devem promover a aproximação social, ter caráter lúdico, com intensidade moderada e de baixo impacto, sendo diversificadas; considerando a memória e o conhecimento acumulado pelo idoso para que o mesmo possa partilhar e reviver situações que lhe dão prazer.

Assim sendo, devemos desenvolver o projeto de evangelização para terceira idade, embasado em três principais características inerente ao idoso.

1. Características físicas (Sl. 90.10)
2. Características psicossociais (Sl. 71. 9,17,18)
3. Características espirituais (Is. 46.4).

A melhor maneira de continuar ativo e feliz ao chegar à terceira idade é continuar, ou iniciar um programa regular de atividades físicas, mentais e sociais, que não permitam ao idoso ficar isolado do mundo que o cerca.

"Não me enjeites no tempo da velhice; não me desampares, quando se forem acabando as minhas forças. Ensinaste-me, ó Deus, desde a minha mocidade; e até aqui tenho anunciado as tuas maravilhas. Agora quando estou velho e de cabelos brancos, não me desampares, ò Deus até que eu tenha anunciado a tua força a essa geração e o teu poder a todos os vindouros", (Salmos 71, 9-17-18).

OBJETIVOS PRINCIPAIS

Tendo essa compreensão, apresentamos abaixo ações que devem ser implementadas no processo de evangelização e discipulado de pessoas da terceira idade:

> Desenvolver um trabalho voltado para 3ª idade, criando mecanismos necessários à inclusão e valorização dos idosos na igreja, com vistas a não só integrar os que já aceitaram a cristo, como também aqueles que ainda serão alcançados pelo evangelho, respeitando as características inerentes à faixa etária e criando um ambiente favorável a seu desenvolvimento bio-psíquico-social e espiritual;

> Proporcionar aos idosos da igreja (e visitantes) a oportunidade de conhecimento da Palavra de Deus, de formação e fortalecimento de amizades e o estabelecimento do companheirismo;

> Criar oportunidade de compartilhar e valorizar experiências vividas;

> Criar condições para o aprendizado de novas habilidades, ampliando assim o seu interesse pelo mundo à sua volta e de uma vida mais próxima ao Senhor Jesus;

> Criar oportunidades para a realização de passeios, viagens e excursões para locais como calçadões, praias, asilos e outros ambientes favoráveis à evangelização;

> Proporcionar alternativas visando à realização a ao aproveitamento de suas habilidades manuais e intelectuais, além de convidar sempre um não crente a fazer parte do grupo;

> Proporcionar momentos de reflexão a respeito das mudanças nessa faixa etária;

> Proporcionar capacitação física e recreativa através do lazer, atividades culturais e etc.;

> Despertar e reforçar valores cristãos que permitam vivência mais significativa. Buscar a integração do idoso na família;

> Orientar e informar sobre serviços destinados à terceira idade, com custos baixos e fácil acesso;

> Através da promoção de encontros e reuniões (semanais, quinzenais ou mensais), na igreja ou em locais apropriados, com programação própria para a faixa etária, que pode ser chá, palestra, cultos e etc., visando sempre a integração de um idoso não crente;

> Realização de passeios, excursões e viagens (sempre acompanhado da equipe de apoio);

> Confecções de objetos úteis, trabalhos artísticos e artesanais. Exposição dos trabalhos realizados. ( pois através da proposta de ocupação do tempo o idoso é atraído, buscando fugir da solidão e da ociosidade);

> Desenvolvimento de atividades culturais; Realizações de jogos recreativos, brincadeiras e competições (com isso a igreja pode mostrar ao idoso que passou sua vida inteira afastado da igreja, que os evangélicos gozar de alegria física e espiritual);

> Utilização de técnicas de dinâmicas de grupo, favorecendo a reflexão;

> Participação de profissionais de áreas voltadas para a terceira idade (médicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, etc.);

> Debate de assuntos de interesse;

> Desenvolvimento de atividades de música, reconhecendo o seu papel na vida do idoso, desenvolvendo a sensibilidade e ampliando suas possibilidades de expressão sobre a realidade, a fé e sobre si mesmo; Momentos devocionais baseados no estudo da Bíblia e compartilhar de experiências;

> Promover cruzadas evangelísticas com grupos da 3ª idade, em shoppings, praças, calçadões, e outros lugares onde concentram idosos, (obedecendo horários adequados a 3ª idade), dado oportunidade para os próprios idosos testemunharem e convidado cantores e pregadores adequados a faixa etária. Organizar grupos de visitas da 3ª idade, voltado a pessoas não crentes sejam em hospitais ou em casa, sempre acompanhado da equipe de apoio;

Edição de Texto: Pr Márcio Batista
Foto: Getty Images

Fonte: Disponível em http://www.adnacopa.com.br/site/images/stories/Forum/III__Forum.pdf. Acesso em 20 de Novembro de 2013.

Comentários

Trabalho muito bom, está me ajudando bastante a iniciar um trabalho voltado a pessoas da 3ª idade aqui no município que trabalho. Parabéns e obrigada pelas sugestões de trabalho. Projeto excelente.
Enviado por Anônimo (não verificado) -

Comentar

5 + 14 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.