#ieadjonahistória: O avanço da Obra de Deus nas décadas de 1940 e 1980

#ieadjonahistória: O avanço da Obra de Deus nas décadas de 1940 e 1980
22/04/2021

Foto interna do antigo templo sede da Igreja Assembleia de Deus em Joinville – IEADJO, na década de 1950. Como se observa, o local já não comportava mais os fiéis nas programações especiais de estudos bíblicos e convenções, que se realizavam frequentemente em suas dependências.
 
Inaugurado em 1943, o templo construído na Avenida Getúlio Vargas, durante a gestão do Missionário norte-americano Virgil Smith, foi considerado “uma obra monumental para a época”, não só pelo investimento, mas também pelas suas dimensões (13 de largura por 25 de comprimento).
 
Diante do crescimento da obra, em 1957, o então líder da IEADJO, o Pastor Satyro Loureiro planejava ampliar o templo. Porém, foi na administração do Pastor Antonieto Grangeiro Sobrinho, na década de 1960, que a construção foi remodelada com o acréscimo de galerias no seu interior.
 
Entretanto, a cidade de Joinville crescia de forma vertiginosa e a IEADJO acompanhava essa expansão. Na década de 1970, já era consenso entre os líderes e membros: um novo templo sede deveria ser construído. Mais alguns anos se passaram, até que em 1984, veio a demolição da antiga casa de oração e o início das obras do atual templo sede, inaugurado no dia 15 de maio 1988.
 
Todavia, o “problema” da lotação nunca foi superado. Uma igreja que evangeliza e vai ao encontro do povo jamais resolverá essa demanda, a qual, no caso da IEADJO, é muito antiga.

Por Mario Sérgio de Santana – presbítero, professor, historiador e editor do blog Memórias das Assembleia de Deus.

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

3 + 6 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.