#ieadjonahistória: O cowboy que fez história na “Cidade dos Príncipes”

#ieadjonahistória: O cowboy que fez história na “Cidade dos Príncipes”
17/09/2020

Entre os anos de 1941 a 1953, o Missionário norte-americano Virgil Frank Smith foi pastor da IEADJO e um dos principais líderes da Assembleia de Deus em Santa Catarina. Quando chegou na cidade de Joinville, a igreja ainda realizava seus cultos numa casa alugada na Avenida Getúlio Vargas.
 
Smith foi o responsável pela construção do primeiro templo sede da IEADJO. O mundo vivia a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) com racionamento de materiais e carestia de produtos básicos para a construção. Porém, em meio a tantas adversidades, o Pastor Virgil liderou os membros para uma grande obra. O templo foi inaugurado em junho de 1943, com grande júbilo por parte do povo de Deus.
 
Virgil Smith ainda dedicou grande parte do seu ministério ao ensino da Palavra de Deus. Obreiros e professores (as) da Escola Dominical receberam através do missionário as primeiras noções de Cristologia, Bibliologia e Geografia Bíblica.
 
Os desafios foram imensos para o texano que aportou no Brasil na década de 1930, evangelizou parte do Nordeste brasileiro e pregou para o temível cangaceiro Lampião. Na “Cidade dos Príncipes” o cowboy fez história para a Glória de Deus!

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

1 + 0 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.