Jejum intermitente ou Bíblico?

Jejum intermitente ou Bíblico?
01/06/2021

Vive-se em tempos de plenitude da oração e jejum, mas também em tempos que a apostasia vem à tona, ou seja, renegação de uma religião ou renúncia à fé religiosa. E, por conseguinte a desistência ou abandono do vínculo sacerdotal ou religioso.
           
Com a escassez do ensino bíblico, e temas que não são muito discutidos ou ensinados nos altares das igrejas, mas muito solicitados por seus liderados, como: consagração, vigília e jejum. Mas a grande pergunta é: quando ouvi pela ultima vez alguém pregar o tema jejum ou ensinar como se executa um jejum a luz da Bíblia?
           
Por mais que seja comum a palavra jejum, a maioria dos membros e religiosos passa fome, ou seja, o seu jejum não tem validade nenhuma perante Deus. Em muitos casos a motivação do jejum está errada, simplesmente jejuam para provar sua religiosidade, e às vezes para “querer ter uma espiritualidade a mais do que os outros fiéis”.
 
Veja que Jesus ensinou que o momento de jejuar é em secreto e sem alarde, conforme o registro do Evangelho de Mateus 6: 16-18 nos diz:  “E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.”
           
Esses versículos mostram que o jejum não é para emagrecer, e muito menos para ‘aparecer como religioso ou espiritual acima dos demais’. Mas Jesus está ensinando que, “quando jejuares” tome banho, penteie os cabelos, tome banho, e não demonstre que estás neste propósito.
           
Encontramos nas escrituras vários tipos e momentos de jejum, entre eles está o jejum parcial, jejum normal, jejum total, jejum prático e outros... E para cada momento tem um tempo de jejum que pode ser de algumas horas, dia e dias. O maior erro está em fazer votos na duração do tempo do jejum, e depois não conseguir cumprir com o propósito, ou seja, o jejum não terá valia.
           
Jejum sem oração não é jejum, um está ligado ao outro. Jesus não proibiu de se comentar sobre o jejum, mas falou porque os fariseus tocavam trombeta por tudo o que faziam. Jesus condenou o exibicionismo dos fariseus querendo parecer contristados aos homens para se mostrarem mais espirituais.
           
Quando o Jejum é inútil?
           
1º Quando é feito com coração contencioso e irado (Js 58.3-4);
2º Quando a vida de quem jejua está em pecado (Jr 14:10-12);
3º Quando coração não está quebrantado (Zc 7:3-6);
4º Estar com o coração soberbo e hipócrita (Lc 18:9-14);
5º Quando espera reconhecimento e admiração dos demais ( Mt 6:16-18).
           
Jejuar segundo o dicionário comum é: 1- A abstinência total ou parcial de alimentação. 2- (Figurado) - Abstenção ; privação de algo. Continência.
           
Logo vamos a pergunta deste comentário que temos hoje: O JEJUM INTERMITENTE É BÍBLICO?
           
Respondendo essa questão foi necessário fazer uma introdução do momento e como está o jejum nos dias atuais. São poucos que estão de fato no jejum bíblico. Esse jejum intermitente não é bíblico no sentido de sacrifício, de gratidão ou pedido de propósito, pois é um jejum nutricional para perder peso.
           
Para muitos parece loucura ficar em torno de 12 a 16 horas em jejum, principalmente se estender para o longo período de 24 horas. Porém, essa prática está se tornando cada vez mais conhecida e utilizada por jovens que pretendem emagrecer ou manter hábitos de vida saudável. O método, que recebeu o nome de jejum intermitente, consiste em períodos sem comer e períodos de alimentação, com o objetivo de gastar o estoque de gordura.
           
Antes de começar a fazer qualquer tipo de jejum tanto para mortificar a carne e fortalecer o espírito, ou alguma dieta e/ou restrição alimentar é preciso consultar um nutrólogo ou nutricionista. Nem todas as pessoas podem realizar o jejum intermitente, ou jejum bíblico, como as que possuem diabetes e hipertensão. Também existem quem vai se adaptar, durante o período sentindo tonturas e dores de cabeça. É importante avaliar como esse processo ocorre no corpo de cada um e seguir as orientações médicas.
           
Por isso existem muitos cristãos que ao invés de estarem se preparando espiritualmente com o jejum, simplesmente estão fazendo regime.
           
Então, como devo jejuar conforme a recomendação bíblica?
           
Todo jejum tem um propósito e uma sequência para que possa ser recebido no céu como um sacrifício de adoração e gratidão a Deus.
           
Não comece jejuando quarenta dias como Moisés, Elias e Jesus. Jejue até o almoço. Na outra semana até o jantar. Depois até a hora de dormir ou até o outro dia pela manhã. Você sentirá fome é claro, mas isso é o jejum! Quando cuprimos isso, podemos jejuar por três, cinco ou mais dias.
           
Quanto mais longo for o jejum, mais convicção a pessoa precisa ter que é vontade de Deus que faça assim.
           
Não é bom alimentar-se muito no dia anterior ao jejum.
           
Este período deve ser de preparação. Para dar inicio ao Jejum comece com uma oração. Lembre-se que durante o jejum será um tempo de guerra contra os poderes das trevas.
           
Como faço para terminar o jejum?
           
Quando for terminar o jejum você deve encerrar com uma oração agradecendo pelo propósito vencido, e entregando a Deus esse sacrifício.
           
Logo, não vá comendo de tudo que achar pela frente, você precisa voltar aos poucos com alimentação leves.
           
A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville – IEADJO tem por hábito convocar os fiéis para jejuarem nas terças e sextas-feiras. O propósito é para o crescimento da igreja, família, e vidas consagradas para o bom andamento da Obra de Deus.

Por Pr. Edmarcos Christen: Obreiro em tempo integral na CIADESCP desde o ano 2000; Atual Pastor Auxiliar da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville – IEADJO, Graduado em Gestão de Marketing na Universidade do Contestado – UnC; Pós Graduado em Teologia, Especialista em Aconselhamento Cristão na Faculdade Refidim, Escritor do Livro: “Gestão e Comunicação Integrada de Marketing na Igreja”; Vencendo as Obras da Carne com as Atitudes do Fruto do Espírito; Marketing Religioso Para fazer seu Departamento crescer; Professor do CCOM/Líder; E-mail: pr.edmarcos@gmail.com; pastoredmarcos.blogspot.com

Leia também: Saiba como participar da Campanha de Oração em junho
 

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

1 + 2 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.