O Exercício da Gratidão

O Exercício da Gratidão
15/04/2022

Estamos Vivos, ativos e com saúde!
 
Hoje me deparei pensando nesta palavra. Por si só, ela já se define, já
traduz um sentimento que não devemos, mas, precisamos aplicar em nosso dia a dia.
 
Então resolvi dar uma olhada com mais atenção para a minha rede de contatos que possuo em meu número privado de telefone celular.
Ao salvar um nome em meu telefone, tenho por hábito, registrar primeiramente pela cidade de residência, depois o cargo ou título e por último o nome completo da pessoa.
 
Enquanto olhava, a emoção começou a tomar conta do meu coração, pois, muitos dos meus contatos já não mais existem. Buscando por ordem alfabética dos cargos ou títulos, lia-se pastor fulano, tinha que excluir o nome, tinha que me derramar em lágrimas, pois morreu.
 
O outro também, mais outro e outro, e assim sucessivamente, nos demais cargos: evangelistas, presbíteros, diáconos, cantores e cantores, etc. Foram embora. A doença, o acidente ou a pandemia que atingiu o mundo, os levaram para a eternidade.
 
Quanto mais olhava, mais tinha que excluir. Quanto mais olhava, mais amigos, só sobraram seus nomes e números. Não estão mais em nosso convívio. Agora só saudades, lembranças dos momentos bons e inesquecíveis. Diante disso, cai a fixa. Eu estou aqui. Eu permaneço aqui. Vivo, ativo e com saúde.
 
Então somente resta-nos uma coisa: Sermos Gratos ao Senhor por nos sustentar com suas fortes mãos e aqui estarmos. Enquanto olho para a lista de contatos, observo quantos amigos eu não tenho mais.
 
Quantas pessoas conhecidas fiquei sabendo que também já não estão entre as suas famílias e entre nós.
 
Eu não posso ser ingrato. A ingratidão, é definida como a qualidade ou ação de quem é ingrato; falta de gratidão, de reconhecimento. Isto entristece ao Senhor. Temos exemplos bíblicos que comprovam esta verdade.
 
No site: biblia.com.br/perguntas-biblicas/ingrato/, encontramos um texto excelente, bem elaborado e simples, que resume a fotografia da ingratidão.
 
O texto fala que Ingratidão é o câncer de qualquer relacionamento. Revela um egoísmo acima do reconhecimento sugando o amor compartilhado na direção do próprio ego. Ingratos são extremamente solitários. Passageiros.
Adianta curar a lepra se o coração permanece infectado? Naquele dia, só um ficou realmente são.
Jesus curou 10 por fora, mas 9 continuaram doentes (Lucas 17.11 a 19). Adianta ter saúde na carcaça com a alma vazia?
Como tem gente assim. Triste. Só que 1 voltou. Lembrou o universo que sempre haverá heróis saltando da lama. Ele voltou pra reconhecer o mais importante: ser grato é ser grande. Imenso”.

 
Saindo a procura do significado de gratidão, um pouco mais completo, do que eu já tinha conhecimento, no site: significados.com.br, encontrei a seguinte definição: “Gratidão é um sentimento de reconhecimento, uma emoção por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra. Gratidão é uma espécie de dívida, é querer agradecer a outra pessoa por ter feito algo muito benéfico para ela. A palavra gratidão tem origem no termo do latim “gratus”, que pode ser traduzido como agradecido ou grato. Também deriva de gratia, que significa graça”.
 
Lembrei-me do Salmista Davi, quando compõe o hino do Salmo 103, principalmente os versículos de 1 a 6, ele injeta em nós uma forma poderosa de agradecer.
 
Ele bate um papo com a sua própria alma e a educa para não se esquecer de nenhum dos benefícios do Senhor. Em forma de cântico o rei Davi enumera alguns dos benefícios do Senhor, e conversando com sua própria alma, pede para que seja armazenado e para que nunca sejam esquecidos. Davi apresenta para si mesmo, um convite a louvar a Deus por amor de sua graça, misericórdia de Deus, privilégios e bençãos.
 
Dizia Davi: “Bendize, ó minha alma, ao senhor, e tudo o que há em mim, bendiga o seu santo nome.” Isto é, dos pés à cabeça, dos bens materiais, dons e talentos, nos gestos e atitudes. “Bendize, ó minha alma, ao senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios” imerecidamente recebidos, sendo o ar que respiramos.
 
A vida, o alimento, a família, a salvação, o batismo com o Espirito Santo, proteção e direção.
 
Alguns benefícios enumerados por Davi são:
É Ele que perdoa. O perdão é a primeira e mais importante dádiva que podemos receber de Deus. Pelo perdão somos restaurados a Deus e redimidos da destruição.
 
É Ele que sara todas as enfermidades. Primeiro Jesus cura a alma através do perdão, depois cura o corpo.
 
Continua o salmista que é “Ele que redime” (quem redime a tua vida da perdição e te coroa de benignidade e de misericórdia).

Jesus readquire. Adquirir de novo, reconquistar aquilo que se havia perdido.
 
Também é “Ele que coroa de benignidade e de misericórdia”. A coroa, separa aquele que a veste para uma tarefa especial. Confere honra a algum feito e posto sobre a cabeça para evidenciar soberania, autoridade.
 
Continuando, o salmista diz que “Ele enche a tua boca de bens” (físicos, familiares, espirituais, ministeriais e materiais. Também Ele renova quem o busca (de sorte que a tua mocidade se renova como a águia).
 
Uma renovação física, renovação espiritual – revestimento e ministerial – vigor espiritual. Davi, com sua experiência como testemunha que Ele também faz justiça e juízo a todos os oprimidos.
 
Entende-se que é Ele que toma a sua causa. A última palavra é dele.
 
Fazendo uma retrospectiva diante de tudo o que já vimos acontecer, uma pandemia devastadora, violência descontrolada, acidentes dos mais diversos e aqui estamos. Fora-se amigos, vizinhos, parente, conhecidos, pastores, atores, atrizes, cantores, jogadores, políticos, e integrantes dos mais diversos segmentos da sociedade. E nós, pela imensa misericórdia, graça, piedade e compaixão continuamos aqui.
 
Então não vejo outra coisa a fazer a não ser o exercício da Gratidão a um Deus que através do seu amado Filho Jesus Cristo, o nosso salvador, tem nos guardado, protegido, sustentado e guiado em todos os momentos.
 
Sejamos agradecidos!

A Ele a Glória, o Louvor e a Adoração para Sempre.

Pelos laços do Calvário!

*Pr. Adair Afonso Tourinho. Pastor Auxiliar na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville/SC, IEADJO. Técnico em contabilidade, Jornalista, Escritor, Bacharel em Teologia e Mestre em Ciência da Religião. Palestrante em seminários de lideranças, obreiros, casais, educação cristã e Professor de diversas matérias teológicas.

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

9 + 6 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.