Todos Por Uma Vida Mais Missional!

Todos Por Uma Vida Mais Missional!
10/01/2022

1 Co 9:19-27
Porque, sendo livre para com todos, fiz-me servo de todos para ganhar ainda mais.
E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.
Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.
E eu faço isto por causa do evangelho, para ser também participante dele.
Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.
E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível.
Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar.
Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

Pensando nesse texto, é possível entendermos que Paulo fez de tudo para realizar o trabalho para o Senhor. Ele parte deste princípio: fazer de tudo, para fazer alguma coisa para Deus.
 
Uma igreja missionária e missional!
Uma igreja missionária é o que somos. Este termo, traz a ideia forte de alcançarmos pessoas. É o que a igreja faz por missões e o resultado que alcança no campo missionário. É o que se faz mais especificamente lá, e é o que estamos fazendo e não podemos nunca parar.
 
Uma igreja missional ou uma vida missional, é o resultado da vida interna da igreja, do trabalho dentro do perímetro urbano e o impacto que causa no contesto social onde convive.
Uma vida missional, é a diluição da nossa vida como cristãos, o envolvimento da nossa vida com a igreja para Deus.
 
Uma vida missional é: eu entender a minha missão!
Paulo diluiu a sua vida e ministério em pregações, evangelização, missões, discipulado, escrever epístolas e instruir igrejas. Um exemplo de vida missional, diluída no trabalho do seu mestre.  
O Senhor Jesus e Paulo, são dois exemplos bíblicos a serem citados.
Jesus diluiu a sua vida em fazer a obra de Deus.
 
Vida missional!
É nós adquirirmos mais fé, humildade, quebrantamento, mais submissão a Deus e levar a nossa vida para um ponto de ser uma vida missional. Onde eu estiver, ser uma benção.
 
Podemos pensar também em nossos pais na fé, nos primórdios da igreja, na galeria de guerreiros que passaram por aqui, tanto em nossa cidade, quanto no Brasil. Pessoas que dedicaram toda a sua vida, seu tempo, recursos e tudo que tinham, para ver a obra de Deus crescer e prosperar.
 
Paulo fez de tudo, não estragou sua fé, mas entendeu a sua missão e qual seria a forma que deveria agir para evangelizar as pessoas que lhe rodeavam.
Ele encontrou uma maneira para pregar o evangelho que impactasse a vida das pessoas.
A forma como ele ensinou, alcançou as pessoas. Ele teve uma vida missional.

Precisamos aplicar a Bíblia a partir da nossa vida para também alcançarmos mais vidas, especialmente na área da evangelização.
Este será o ano de uma grande evangelização. Já fizemos bastante, porém temos muito a ser feito, para tanto, primeiro a minha vida tem que ser quebrantada, humilde, uma vida de fé e amor.
Precisamos nos comover com os problemas das pessoas, eu preciso ter pena do sofredor, sentir o terror do inferno que a pessoa que está sendo condenada (que não conhece Jesus está sentindo), para que eu leve Deus para essa vida.
 
Uma vida de influência.
Olhando esse texto do Apóstolo Paulo, é possível concluirmos que vida missional é uma vida de influência.
Torno-me um missionário local, no dia a dia, para influenciar pessoas.
No meu trabalho, trabalhar, mas os meus colegas serem influenciados por mim.
Na escola ou faculdade, influenciar as pessoas que convivem comigo a servirem a Jesus.
Eu levo Jesus para as pessoas e trago as pessoas para Jesus. Levo à igreja para adorar a Deus comigo, por isso ter uma vida de influência, no bairro e na rua onde moro.

Uma vida missional é: alcançar um amigo, o meu vizinho, o meu parente. É alcançar alguém. Ter uma vida envolvida na missão local.
Uma vida comprometida com Deus e com a sua obra.
Uma vida com devoção, que ora, que jejua, que ama a Bíblia Sagrada, é missional.
 
Uma vida comprometida com Deus, também é comprometida com a palavra de Deus e na pregação do evangelho.
Eu preciso pregar esse evangelho, preciso falar desse evangelho, não posso guardar só para mim.
Só assim, a igreja se transformando em uma igreja missional, fará missões fora e dentro da cidade também.
 
Vida missional é: uma vida cristã com propósito.
Há pessoas muito fracas na fé, que por qualquer coisa já estão fracassando, porque não têm um propósito.
 
Uma vida missional tem propósitos firmes, por isso não se abala.
A luta vem, a crise vem, os problemas vêm, mas uma pessoa que tem propósito com Deus, com a sua palavra, permanece.
 
  
Vida missional é: uma obra de todos. O envolvimento de membros e congregados da igreja com a obra de Deus.
Todos nós somos responsáveis pela evangelização e discipulado de novos convertidos.
É a diluição da vida em trabalho para Deus. É o alinhamento dos departamentos com a visão de Deus.
 
Qual é a ideia que Deus tem?
Deus quer que evangelizemos, portanto, toda a igreja é responsável por isso.
Deus quer que ensinemos o novo convertido, portanto, toda a igreja é responsável por isso.
Logo, a vida missional do cristão é um alinhamento da sua vida com o propósito de Deus.
É uma submissão do cristão ao projeto de Deus para ajudar na sua obra. 

Vida missional é: todos os membros da igreja entendendo que cada um tem uma missão.
Alguém dirá: – sou membro da igreja, mas não tenho cargos na igreja. Mas você tem uma missão na igreja. Você é muito importante na igreja, pois você serve a Deus. Somos família de Deus e como filhos de Deus, nós pregamos o evangelho também.

Ninguém disse que a pregação do evangelho só está nas mãos da liderança, só nas mãos do pastoreio e de pregadores.
A pregação do evangelho está nas mãos de toda a igreja. O irmão pode não pregar para a multidão, mas pode pregar para uma pessoa.
Por incrível que pareça, eu vi um irmão tirar muitas fotos de batismo numa igreja onde pastoreei, e ele nunca pregou no púlpito da igreja, mas era um influenciador. Ele sempre encontrava uma maneira de levar o evangelho para as pessoas e trazê-las para a igreja.

Obra missional na minha vida é: o trabalho constante que faço para Deus.
Não é só um dia, é o ano inteiro. É ser igreja a semana inteira, não só no domingo. É a minha vida envolvida com Deus todos os dias.
Nós que usamos mais a palavra para pregar, não podemos orar e jejuar só no dia que formos convidados para pregar. Só quando tivermos um compromisso longe, aí orar e jejuar. Não!
Este deve ser meu estilo de vida, deve ser meu comportamento como cristão: ter uma vida constante diante de Deus.

*Adaptado da mensagem "Todos Por Uma Vida Mais Missional!?", ministrada pelo Pr. Sérgio Melfior, Presidente da IEADJO e Vice-presidente da CIADESCP.

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

3 + 3 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.