Oséias - O Profeta obediente a Deus

Oséias -  O Profeta obediente a Deus
06/01/2014

Parece simples obedecer sem contender e sem contradizer, mas é tão ou mais difícil quanto NÃO obedecer, pois quase sempre não queremos fazer a vontade de ninguém, apenas a nossa própria vontade. Deus pediu a Oséias para casar-se com Gômer. Uma mulher que em poucos dias já estaria saindo e envolvendo-se com outros homens. Era uma prostituta profissional, se assim podemos chamá-la. Não se satisfazia sexualmente com apenas seu marido, se insinuava e provocava outros homens, amigos ou não de seu marido Oséias. O profeta na sua vida conjugal teve dias de sofrimento, terríveis de solidão e dor. Não foi fácil para este homem ser subestimado e traído tantas vezes. Ser trocado e desprezado é algo que fere não só o coração da pessoa, mais a dor são na alma, que chega a destruir a estrutura emocional e carregando de culpas e anseios a vida de quem sempre sonhou em ser um marido correto e assim ser correspondido. Oséias para cumprir seu papel de marido, mantinha uma vida sexual com sua mulher adúltera e por isso teve três filhos e todos ganharam nomes condizentes com a realidade espiritual que vivia, por que Deus é quem observava e conduzia os passos da família, inclusive a vida de Gômer. Os filhos com certeza sentiam e viam o sofrimento do pai, mas nunca pediram a mãe para mudar seu comportamento, por que parecia que o problema não era deles e sim do pai que era o marido dela. A atração sexual de Gômer era tão grande por outros homens que em meio aos anos de casamento ela fugiu de casa para se prostituir com liberdade. Oséias, apaixonado e defendendo o amor e a sua obediência a Deus foi buscá-la na casa de prostituição e a trouxe de volta. A esposa adúltera voltou para casa e sentia-se acolhida pelo amor do marido e dos filhos, mais o que a afastava do convívio da família não era a falta de amor, mas o pecado que a consumia, o pecado da carne, o prazer e o desejo desenfreados. O pecado nos afasta de tudo, principalmente de Deus quem mais nos ama. Gômer não conseguia viver uma vida normal de esposa e mãe, pois o desejo por sexo fora do casamento a levava para outras camas, outros braços, outros afetos. Era o pecado da aventura conjugal que aquecia o coração daquela mulher. Todas as vezes que ela traia o marido e traia o amor dos filhos também, recebia perdão da família. Oséias e os filhos, não conseguiam expulsá-la da vida deles. Assim é com Deus e nós. Quanto motivo Deus já teve para nos esquecer de e deixar-nos, pois vamos e voltamos para seus braços, muitas vezes. Sempre, o pecado nos chama e quase nunca não conseguiu ignorá-lo por completo. Com toda vida conturbada dentro da sua família, Oséias buscava a Deus e era usado pelas mãos do Senhor. A guerra espiritual dentro de casa o aproximava mais e mais de Deus, pois era nele que fortalecia sua fé e acrescentava sua esperança em ver sua vida conjugal restaurada. Oséias pedia a Deus dias de paz e sonhava em ver sua Gômer voltada para ele com desejos e amor exclusivos. Deus quer que sejamos exclusivos dele, sem nos prostituir com outros deuses. Quando adoramos mais alguma coisa e menos a Deus, é uma forma de traição a ele que tudo faz por nós. Quando eu amo mais meus dias de viagens e compras eu estou deixando minha intimidade com Deus esfriar. Como terei tempo para adorar a Deus se preciso estar envolvida com outros compromissos mais prazerosos. Dar exclusividade a Deus é assinar o contrato da dependência total dele. Como Gômer que precisava estar com outros homens, assim somos nós que precisamos estar em muitos lugares e menos na casa do Pai. Pois não nos completamos estando só, na sua presença. A experiência de Oséias é o que lhe encheu de sabedoria e o fortaleceu na fé, o diferenciando dos demais homens, que muita das vezes foge das oportunidades que Deus lhes oferece. Você perguntaria: como aceitar com tanta facilidade as provas que nos são colocadas por Deus? Basta confiar! Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos. Oséias 6:6 Quem poderá nos curar do mal de todo o pecado se não for à misericórdia de Deus. Estamos doentes no adultério e no desprezo, precisamos ser sarados profundamente. Quando Oséias creu verdadeiramente no Senhor, sua história começou a mudar sua vida mais santificada e a doença da alma recebendo o remédio ideal. Quem poderá nos libertar se não for o nosso Deus. Eu sararei a sua infidelidade, eu voluntariamente os amarei; porque a minha ira se apartou deles. Oséias 14:4

ilze.moreira
Ilze Terezinha de Mello Moreira
Sou uma profissional da comunicação, nascida em Joinville, onde iniciei como repórter em 81 na televisão na TV Eldorado (Rede Bandeirantes). Após dois, fui para a CIA. Catarinense de Rádio e Televisão(RBS TV). Fui coordenadora de jornalismo da RBS TV Chapecó e Blumenau e em Joinville, repórter e apresentadora. Fiz campanhas publicitárias em programas políticos de televisão e diversos programas de rádio em várias emissoras. Hoje sou assessora de imprensa e faço rádio\jornalismo Membro da AD Joinville desde 2006 Ilze Moreira

Comentários

Realmente é um profeta obediente
Enviado por Anônimo (não verificado) -
Ótima reflexão, me ajudou bastante entender um pouco mais sobre Oseias e também sobre a Ação de Deus nesse livro. Deus abençoe.
Enviado por Anônimo (não verificado) -

Comentar

4 + 4 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.