Jesus

Jesus como último recurso ?

O texto de Lucas 8. 22 – 25 nos mostra claramente o quanto devemos priorizar Jesus em nossas vidas. Nesta feita, Jesus com seus discípulos entraram em uma embarcação para ir além do lago, durante o percurso, o Mestre adormece e a viagem continua tranquilamente, de repente uma forte tempestade começa a assolar o barco de modo que os discípulos estavam aterrorizados à mercê de um naufrágio. O recurso que os mesmos tiveram, foi acordar o Mestre Jesus para salvá-los, neste momento Jesus se levantou e repreendeu aquela tempestade de tal modo que tudo ficou tranquilo.

Presente de natal...

Nesta data tão esperada, você deve estar preparando tudo para a reunião da família, já fez aquela faxina da casa inteira, enfeitou o pinheiro, janelas e portas. Já está de olho no preço das carnes para fazer aquele churrasco.

 

As crianças já estão esperando aquele presente que tanto sonham, e você com certeza ralou para poder dar esse presente, só para poder ver aquele sorriso no rosto dela, onde não há preço que pague.

 

Mulher toca em Jesus e recebe a cura

Jesus cura uma mulher que sofria 12 anos com fluxo de sangue O texto bíblico de Lucas 8.43-50 diz: E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com os médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada, Chegando por detrás dele, tocou na orla do seu vestido, e logo estancou o fluxo do seu sangue. E disse Jesus: Quem é que me tocou? E, negando todos, disse Pedro e os que estavam com ele: Mestre, a multidão te aperta e te oprime, e dizes: Quem é que me tocou? E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.

O pequeno Zaqueu recebe a Jesus

O pequeno Zaqueu recebe a Jesus
 
Lucas- 19,3 “E procurava ver quem era Jesus e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura”.
 
 
Zaqueu era um cobrador de impostos odiado pelo povo, mais amado por Jesus. A indignação era dos moradores de Israel que não queriam saber de Zaqueu por perto e resolveram até trabalhar em Roma para não terem que se submeter aos cobradores, que eles julgavam pessoas impopulares pelo trabalho que executavam.

Graça Salvadora

       

    Deus pode ser visto, desde o livro de Gênesis, como um Pai que deseja um relacionamento íntimo com seus filhos. No Jardim do Éden, na virada do dia (Gn 3:8), Deus procurava o homem para participar de sua divina comunhão, sua presença, seu imenso amor. Contudo, certo dia Adão e sua mulher procuraram se esconder da presença onipresente de Deus; pecaram, e sua desobediência lhes custou o fim de um estado de inocência e total relacionamento com o Criador.  Estando destituídos da Glória de Deus (Rom. 3:23), restavam-lhes o anseio: restaurar a comunhão com o Pai.