história

#ieadjonahistória: O cowboy que fez história na “Cidade dos Príncipes”

Entre os anos de 1941 a 1953, o Missionário norte-americano Virgil Frank Smith foi pastor da IEADJO e um dos principais líderes da Assembleia de Deus em Santa Catarina. Quando chegou na cidade de Joinville, a igreja ainda realizava seus cultos numa casa alugada na Avenida Getúlio Vargas.
 

#ieadjonahistória: Satyro Loureiro

O Pastor Satyro Loureiro (1922-1993), liderou a IEADJO por duas vezes. A primeira vez foi na década de 1950, quando ainda era um jovem evangelista.
 
A segunda, entre 1979 a 1990, sendo a principal marca da sua gestão a construção do atual templo sede na Avenida Getúlio Vargas.
 
Pastor Satyro paralelamente exerceu cargos na Mesa Diretora da CGADB e fez parte do Conselho Administrativo da CPAD por muitos anos.
 

#ieadjonahistória: O início das atividades do Coral Harmonia Santa

“Apresentemo-nos ante a sua face com louvores, e celebremo-lo com salmos. ” (Salmos 95:2)
 
No ano de 1939, o Coral Harmonia Santa iniciava suas atividades na IEADJO, quando a igreja ainda era liderada pelo Pastor Manoel Germano de Miranda.

Sua primeira regente foi a irmã Elly da Silveira. Talentosa e dedicada, a jovem Elly começou liderando 18 componentes, entre eles o Pastor Miranda.

#ieadjonahistória: "Miranda, o pequeno Zaqueu"

Manoel Germano de Miranda (1900-1962) aceitou Jesus no ano de 1931, na Assembleia de Deus em Itajaí. Tempos depois deixou sua cidade natal e mudou-se para Joinville para ser o primeiro pastor da IEADJO, em 1933. Nesse fragmento de um livro antigo, o Missionário John Peter Kolenda fez um relato interessante intitulado “Miranda, o pequeno Zaqueu”: